CERNE e Governo do RN discutem energia eólica

O Diretor – Presidente do CERNE, Darlan Santos, e a Diretora de Relações Institucionais, Neli Terra, participaram na última sexta-feira, (9), de uma audiência com a governadora do Rio Grade do Norte, Fátima Bezerra e o presidente do grupo Serveng, Thadeu Luciano.

Atualmente, a Serveng é o quinto maior gerador eólico no Rio Grande do Norte e a única empresa de origem 100% nacional. O grupo detém três complexos em operação na região do Mato Grande, que atualmente representam cerca de R$ 1,5 bilhão em investimentos.

Com parques instalados nos municípios de Pedra Grande e São Miguel do Gostoso, um de seus principais projetos de ampliação é o Ventos Potiguares, um conjunto de dez parques eólicos com 106 aerogeradores e 170MW de potência, o complexo será um dos maiores do Brasil.

O diretor de negócios da empresa, Mario Silva, destacou que serão investidos mais R$1,7 bilhões no RN e presente entrar, a partir do ano que vem, no segmento da energia solar.

Na ocasião o diretor-presidente do CERNE, Darlan Santos, falou sobre as potencialidades do Rio Grande do Norte para os próximos anos e destacou que o avanço do estado no setor eólico proporcionou a realização de iniciativas como o Fórum Nacional Eólico, principal evento político-econômico do setor eólico e este ano vai celebrar sua 11ª edição. “O evento, que reúne anualmente mais de mil participantes, foi palco da assinatura da Carta dos Ventos, documento de compromisso que iniciou a arrancada do setor eólico brasileiro”, explicou.

Investimentos

A previsão é que 50 novos parques sejam instalados no estado até 2023, gerando investimentos de R$ 4 bilhões. Hoje o Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica do Brasil, com 151 parques e 1,5 mil aerogeradores em operação, com capacidade instalada de 4 gigawatts (três vez mais que a demanda do estado potiguar).

Texto e foto: CERNE Press | Daniel Turíbio

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *