Reestruturação do porto de Natal será debatida nesta sexta

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Encontro vai apresentar proposta de ampliação do porto e criação de um novo parque ecológico

Na próxima sexta-feira, 8 de julho, o Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), em parceria com o mandato do senador Jean-Paul Prates, promove um Seminário para tratar do projeto de reestruturação do porto do Rio Potengi, em Natal.

O objetivo do encontro é envolver e dialogar com instituições públicas e privadas interessadas ou que serão afetadas pelo projeto de reestruturação do porto, para obter informações que ajudem a subsidiar o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) do projeto.

Durante o Seminário, será apresentada a proposta desenvolvida pelo CERNE, junto ao escritório de arquitetura italiano Studio Catucci. O projeto estabelece a ampliação do porto de Natal para a outra margem do Rio Potengi, com a proposta de utilizar uma área degradada e cria um parque ambiental, para recuperação e proteção definitiva da área de mangue.

O projeto começou a ser desenvolvido pelo CERNE em 2015, com base em uma proposta da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) de modernização do porto atual, privilegiando também as áreas degradadas. A partir disso, o CERNE buscou um especialista em projetos de portos sustentáveis.

O escritório de arquitetura italiano Studio Catucci, escolhido pelo CERNE para desenvolver o projeto, é especialista em portos rasos situados em cidades históricas e turísticas, como também, em empreendimentos ambientalmente sustentáveis. Assim, o escritório criou um projeto, baseado em dados da FIERN e da CODERN, que, além de modernizar a estrutura do porto de Natal, também cria um parque ecológico para preservação da área do entorno.

Dividido em etapas, o projeto propõe ainda: a construção de uma terceira ponte entre as margens do Rio Potengi, objetivando o desafogamento do trânsito; a interligação rodoviária entre o porto de Natal e o aeroporto de São Gonçalo do Amarante para o transporte de cargas; e a ligação do porto com o modal ferroviário.

O Seminário contará com as palestras do senador Jean Paul Prates; do atual Diretor-presidente do CERNE, Darlan Santos; do arquiteto Claudio Catucci; do secretário geral e advogado do CERNE, Ciro Baroni Pattacini; além de representantes do Ministério da Infraestrutura; da CNT; e da Codern.

A reunião será realizada a partir das 8h30, da próxima sexta-feira (8), na sede do Sebrae, localizada à Av. Lima e Silva, 76, no bairro de Lagoa Nova.

HISTÓRICO

O projeto de reestruturação do porto do Rio Potengi foi apresentado pela primeira vez ainda em 2015, durante o mandato da então presidente Dilma Rousseff. Na época, foi lançada uma chamada nacional para a atualização do programa de logística do Governo Federal. Ao perceber que o Rio Grande do Norte não possuía nenhuma proposta neste sentido, o então Diretor-presidente do CERNE, Jean-Paul Prates, decidiu apresentar o projeto elaborado pelo Centro.

Mais tarde, já no atual Governo Bolsonaro, durante conversas com o ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, relacionada às ferrovias (cujo marco foi relatado por Jean Paul Prates no Senado), o tema da reestruturação do porto de Natal emergiu novamente.

Recentemente, a iniciativa ganhou um novo aliado. A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) se juntou ao projeto e se comprometeu a aportar recursos para a elaboração de um Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) e, assim, definir a real viabilidade da proposta.

Veja outros de nossos Posts!