CERNE avança com projeto de segurança

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE) articula com empresas do setor energético e apoio do Governo do Estado, para a implantação de um plano de segurança em parques eólicos e solares do Rio Grande do Norte. Nesta quarta-feira, 23, mais uma reunião aconteceu com representantes de empresas do setor de energias renováveis em atividade no Rio Grande do Norte.

O projeto de segurança teve origem a partir do trabalho empreendido pelo CERNE, em 2019, junto aos operadores e demais representantes da cadeia produtiva de energia eólica da região do Mato Grande, área que compreende a maior concentração de parques eólicos em todo o território potiguar. A partir de um levantamento que mapeou as demandas mais urgentes das empresas que atuam na região, foram encontradas entre as principais queixas apresentadas a questão da falta de segurança (23%), emergência médica (21%) e ausência de sinal de celular (16%).

A proposta é criar, por meio dos esforços conjuntos entre o setor público e o privado, uma rede de comunicação, integrada ao sistema de rádio da polícia militar e ao CIOSP, na Região do Mato Grande, suportada por um centro de apoio logístico, constituindo uma nova unidade, denominada de Núcleo de Segurança do Mato Grande.

“Além de atender as necessidades de reforço de segurança na região dos complexos eólicos, toda a estrutura trará benefícios à população dos municípios da região”, explica o diretor-presidente do CERNE, Darlan Santos. A primeira fase do projeto tem como proposta a cobertura de 64% dos parques eólicos em 17 municípios do estado, podendo ser expandido para outras regiões em fases seguintes.

O plano de segurança também busca fortalecer o trabalho sócio ambiental da população do Mato Grande, com a inclusão dos trabalhadores dos parques eólicos. A iniciativa conta com a parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e empresas atuantes na área de energia renovável.

Veja outros de nossos Posts!