Pandemia ajuda, e dobra participação de energia eólica e solar no mundo