19260363_1556117864418858_5412270048957112711_n

Nota de pesar do CERNE pelo falecimento da ex-governadora Wilma de Faria

É com grande pesar que o Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), representado pelo Diretor-presidente, Jean-Paul Prates, lamenta o falecimento da ex-Governadora Wilma de Faria, que conduziu o Rio Grande do Norte por dois mandatos consecutivos entre os anos de 2003 a 2010, período em que Prates atuou como titular da Secretaria Estadual de Energia e Assuntos Internacionais.

Ressaltamos que este foi um período de grandes realizações na área energética. Em 2003, a capacidade instalada para a geração de energia no Rio Grande do Norte era zero. Em 2010, o Estado alcançou a auto-suficiência em capacidade de geração de energia, com a implantação da Usina Termoelétrica do Vale do Açu (Termoaçu), em 2008, e das usinas termoelétricas (UTEs) Potiguar 1 e 3. Somaram-se a estas unidades, os primeiros parques eólicos viabilizados no Estado, que entraram em operação entre 2006 e 2010. Além das construções terminadas em seu mandato, ainda foram assegurados, sob a sua gestão, mais de 1.2 GW em contratos vencidos nos leilões federais de energia, o que propulsionou o Estado à condição atual de líder na geração efetiva e potência instalada de energia eólica no Brasil.

Também marcaram a sua gestão a viabilização da Refinaria Potiguar Clara Camarão, cujo nome foi escolhido pessoalmente por Wilma, em homenagem à heroína potiguar – mulher e guerreira como ela. A RPCC tem sido expandida e aprimorada com sucesso, e hoje é capaz de refinar quase todo o petróleo produzido no Estado. Uma conquista que muitos desprezaram à época, mas que é a base para a revitalização efetiva da indústria de petróleo no Rio Grande do Norte. Inúmeros outros passos importantes foram dados durante a sua gestão quanto à energia e sustentabilidade no Estado, nas áreas de bioenergia, energia solar, infraestrutura de transmissão e cooperações sócio-ambientais que trouxeram resultado positivo para o interior, a áreas que viviam com dificuldades e sem atividade econômica consolidada.

Wilma esteve presente à inauguração da sede do CERNE, em 2011. A equipe e seus gestores fazem de sua rotina um exercício diário de preservação e aprimoramento das conquistas iniciadas no seu governo.

O Diretor-Presidente do CERNE, Jean-Paul Prates, diretores setoriais, coordenadores e demais integrantes da equipe expressam suas condolências aos familiares.

Fonte: CERNE Press

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *