Fórum Estadual de Energia lota auditório e discute os rumos do setor energético no RN

Nesta quarta-feira, 26 de outubro, o auditório do IFRN Natal-Central esteve lotado com a presença de autoridades, especialistas, empresários, pesquisadores e estudantes durante o 4° Fórum Estadual de Energia do Rio Grande do Norte (FEERN 2016).

Além de ser o momento para apresentar a sociedade o panorama do setor energético estadual, o FEERN este ano trouxe como novidade temas envolvendo o futuro da energia e as tendências em pesquisa, tecnologia e inovação.

Foto: CERNE/Divulgação

Foto: CERNE/Divulgação

O reitor do Instituto Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte (IFRN), Wyllys Farkatt Tabosa, deu as boas vindas aos integrantes da mesa de abertura e o público presente: “Este é um momento histórico para a nós e estamos honrados em receber um evento que vai debater de forma técnica, cientifica e propositiva a preocupação com a sustentabilidade ambiental”.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Flávio Azevedo, destacou a atividade acadêmica são o elo de desenvolvimento com investidores e “formam uma cadeia produtiva de excelência”. Azevedo afirmou que, só pela iniciativa privada, foram investidos cerca de 12 bilhões de reais em energias renováveis no Rio Grande do Norte.

Para a Consulesa de Política e Economia do Consulado Geral dos EUA no Brasil, Paloma Gonzales, discutir sobre energias renováveis com o Brasil é de grande interesse para o governo americano. “Nós lançamos a Climate Partners (Parceiros Climáticos) por que acreditamos que a energia renovável está atrelada as mudanças climáticas e esta iniciativa também possibilita a troca de conhecimento e formação de parcerias entre os países, como acontece aqui no Brasil”, explicou a Consulesa.

Jean-Paul Prates, presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), disse que o Fórum Estadual de Energia é a momento em que a sociedade pode discutir os desafios e perspectivas do setor energético. Prates pontuou a necessidade do Estado não perder o protagonismo que conquistou no setor energético.

Participaram da mesa de abertura o Vice-Presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte, Sérgio Azevedo, o Presidente da CHESF, José Carlos de Miranda, o Presidente Executivo da ABSOLAR, Rodrigo Sauaia, o Diretor da ABEEÓLICA, Sandro Yamamoto, a Diretora Executiva do CTGás-ER, Cândida Amália, o superintendente comercial da COSERN, Walmary Nunes, e o Gerente da Incubadora inPACTA da UFRN, professor Efraim Pantaleón.

O FEERN é uma realização do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE) em parceria com o Sindicato das Empresas do Setor Energético do RN (SEERN)​. Esta quarta edição conta também com o apoio do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Fonte: CERNE Press

 

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *