CERNE e CORECON trabalharão ideias para candidatos ao Executivo do RN

O Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE) e o Conselho Regional de Economia da 19ª Região (CORECON-RN) firmaram acordo de cooperação para trabalharem conjuntamente em ideias, projetos e ações viáveis que possam servir como sugestão aos candidatos ao Executivo norte-riograndense, nas eleições deste ano.

A iniciativa está baseada no conceito comum de que o desenvolvimento sustentável e o crescimento econômico são compatíveis com a luta contra a desigualdade social e com a preservação dos recursos naturais e do meio ambiente.

Os presidentes das duas entidades assinaram acordo de cooperação na última sexta-feira (27). O compromisso foi firmado durante o Ciclo de Debates Econômicos do Grupo de Estudos e Pesquisas em Espaço, Trabalho, Inovação e Sustentabilidade do Departamento de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

A partir deste acordo, as instituições formarão um conselho diretor que passará a atuar em análises do contexto estadual e na elaboração de ações propositivas, projetos e debates relacionados com o futuro socioeconômico do Rio Grande do Norte.

“Os economistas têm como dever participar ativamente dos debates sobre o desenvolvimento econômico local, ainda mais num momento de tanto acirramento e incerteza política, e as ciências econômicas constituem instrumento adequado para a compreensão e proposição de idéias para a gestão estadual”, convocou Ricardo Valério, presidente do CORECON-RN.

“Recursos naturais e energia são considerados insumos fundamentais para o desenvolvimento. São o sangue de todo e qualquer segmento da economia, mas têm que ser precificados, planejados e consumidos de forma eficiente e sustentável, sob pena de serem provocados o seu sub-aproveitamento ou escassez crítica”, pontuou o presidente do CERNE, Jean-Paul Prates.

As duas entidades deverão participar e apoiar os debates e eventos setoriais que promovam o desenvolvimento sustentável local e regional, bem como empreenderão projetos de eficientização e aprimoramento da gestão de recursos hídricos, energéticos e minerais no Estado a partir de 2019.

Também serão trabalhadas propostas quanto à situação da disposição/destinação de resíduos sólidos gerados em parques eólicos, usinas solares e outras instalações de grande porte, no RN e estados da região. Por fim, está prevista a montagem de projeto de parceria socioambiental para locações de empreendimentos energéticos na área de extrativismo vegetal sustentável  (reposição e manejo), com fomento da cadeia produtiva local relacionada.

Para mais informações sobre as entidades, acesse:
CERNE – www.cerne.org.br
CORECON – www.corecon-rn.org.br.

Fonte: CERNE Press

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *