CERNE debate empregabilidade e empreendedorismo

A indústria de energia eólica deve gerar mais de 200 mil empregos no Brasil até 2026. Além de garantir luz acesa, os ventos também representam renda às famílias de muitos estados. Segundo dados da associação brasileira que representa o setor – ABEEólica – para cada novo megawatt instalado, 15 empregos diretos e indiretos sejam criados.

No Brasil, em 2017, havia 893 mil vagas para profissionais envolvidos com produção, geração e distribuição de energia renovável – excluindo as grandes hidroelétricas. Segundo o relatório da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena, na sigla em inglês), foram 795 mil oportunidades nos biocombustíveis líquidos, 42 mil em aquecimento solar, 34 mil em energia eólica, 12 mil em pequenas hidroelétricas e 10 mil em energia solar fotovoltaica.

De acordo com estimativas da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Sedec) e de entidades ligadas ao setor, cerca de 30 mil empregos foram gerados desde a implantação da indústria eólica no estado, em 2009, especialmente na fase de construção dos parques. Diante desse cenário, mercado de energia exige profissionais capacitados e qualificados para atender satisfatoriamente a demanda das empresas.

A empregabilidade na área de energias renováveis é um dos temas da segunda edição do Ciclo de Debates do Conselho Técnico-Científico do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE). O evento será realizado dia 13 de junho na sala 4 (1º andar) da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) da UFRN.

O Ciclo de Debates tem como intuito procurar discutir os principais problemas do setor de recursos naturais e energia, buscando encontrar propostas de soluções que possam ser encaminhadas aos órgãos reguladores e executivos do setor. A iniciativa do CERNE conta com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), SEBRAE/RN, Conselho Regional de Enconomia do RN (CORECON/RN) Instituto federal do Rio Grande do Norte (IFRN), Sistema FIERN e Sindicato das Empresas do Setor de Energia do RN (SEERN).

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pela plataforma Sympla, acesse: http://bit.ly/ciclodedebatescerne

 

PROGRAMAÇÃO

 

Palestra 1:
EMPREENDEDORISMO TECNOLÓGICO
Prof. Gláucio Bezerra Brandão – Diretor Executivo InPacta/UFRN

Palestra 2:
EMPREGABILIDADE E EMPREENDEDORISMO
Edwin Aldrin Januário da Silva – Gerente de Comunicação e Marketing do SEBRAE

Palestra 3:
CRESCIMENTO ECONÔMICO,INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO
Prof. Carlos Alexandre Abreu – ECT/UFRN

Palestra 4:
EMPREENDEDORISMO NA INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS
Francisco Belarmino – Empresário-Proprietário Laticínios Babi

DEBATE COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS (PÚBLICO PRESENTE E VIA WEB)
LANCHE DE CONFRATERNIZAÇÃO (TODOS) a partir das 18:30 h (Hall 3º andar Prédio ECT/UFRN)
MEDIADOR: Prof. Efrain Pantaleon Matamoros – ECT/UFRN

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *