Capacitação em Energia Solar do CERNE supera expectativas

O Curso de Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica: Tecnologia, Projetos e Aplicações, super​ou​ as expectativas de alunos e professores. Realizado pelo CERNE em parceria com a Universidade Potiguar (UnP), as aulas ministradas aos sábados, seguem​ até o próximo dia 16, com uma atividade prática: ​uma visita técnica a uma usina de geração de energia solar fotovoltaica.

Atendendo a uma demanda oriunda das empresas associadas e mantenedoras do CERNE, o curso foi elaborado com o objetivo suprir a carência de profissionais capacitados na área de energia solar fotovoltaica, setor atualmente em expansão e com grande potencial de investimentos no Brasil.

Para Josenberg Rocha Jr., diretor da empresa In PLANTAR e um dos instrutores do curso, a iniciativa cumpre a proposta em capacitar os participantes, com informações em primeira mão, sobre a evolução e estabelecimento do mercado fotovoltaico no Brasil e no mundo. “A presença marcante dos alunos reflete o interesse da sociedade no tema. Todos eles buscam desenvolver aplicações da energia solar em sua realidade, seja no trabalho, em casa ou até mesmo investir para abrir sua própria empresa”, explica o empresário.

Já para os 40 alunos inscritos, o curso é a chance de entrada para o mercado de trabalho. A engenheira civil Ana Angélica Azevedo afirma que as expectativas são as melhores possíveis e vê a capacitação como uma oportunidade para melhor colocação profissional. “Quando a gente está começando nessa área, a qualificação profissional é a melhor forma de estamos sempre à frente no mercado”, explica. A aluna enxerga a área de renováveis como um caminho sem volta: “apesar da crise, há crescimento”, conclui Ana Angélica.

Foto: CERNE/Divulgação

Alunos atentos a aula ministrada no último sábado (09). (Foto: CERNE/Divulgação)

Durante as aulas, os participantes puderam compreender a evolução do mercado fotovoltaico e como é possível transformar a energia do sol em eletricidade, além de conhecer, através de exemplos teórico-práticos, os principais componentes dos sistemas fotovoltaicos isolados e de pequenas redes (mini-grids).

O consumo racional de energia também esteve presente no conteúdo ministrado em sala de aula. “Com exclusividade e a vanguarda que o assunto exige, introduzimos as concepções de planejamento e execução para edificações com baixo consumo de energia, focando sempre na tão desejada eficiência energética”, explica Josenberg Rocha Jr.

O último módulo, que encerra o ciclo do curso, será destinado a uma atividade extra-classe, onde os alunos farão uma visita técnica à sistema solar fotovoltaico instalado no campus central do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Os 825 painéis solares ocupam aproximadamente 1.290m² e estão instalados sobre o teto dos blocos das salas de aula e são capazes de gerar, mensalmente, 26.200kWh de energia.

Fonte: CERNE Press

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *