Les députés français ont adopté vendredi l'un des articles les plus importants du projet de loi sur la transition énergétique, qui vise à réduire la part du nucléaire dans la production d'électricité de 75% à 50% en 2025. /Photo prise le 31 juillet 2014/REUTERS/Benoît Tessier

Alubar Energia finaliza LTs no Piauí

Empresa é responsável pela implantação da linha de transmissão em 500kV, com 43km de extensão, para interligar complexo solar ao Sistema Interligado Nacional 

A maior usina de geração de energia solar da América Latina será inaugurada, nesta terça-feira, 28 de novembro, em Nova Olinda (PI). A Alubar Energia é responsável pela linha de transmissão de 500kV, com 43km de extensão, que interligará a usina aos SIN, em São João do Piauí.

Atualmente, a empresa é responsável pela implantação de importantes obras dentro do segmento de conexão de iniciativas de interesse restrito no Brasil. Em 2017 foram quatro frentes de trabalho para a construção de 118 km de linhas de transmissão no Nordeste brasileiro, sendo duas em 500kV e duas em 230kV. São importantes obras para o setor elétrico nacional e que colocam a Alubar como uma das principais empresas dentro do segmento de fornecimento de soluções Turn-Key para sistemas de transmissão.

“Algumas já foram concluídas e outras ainda estão em fase de elaboração. São obras que consolidam a Alubar Energia como uma das principais fornecedora de construção de LTs para o mercado. São empreendimentos de grande porte e que com certeza serão cases de sucesso dentro do setor”, analisou Marcelo Zaghi, gerente comercial da Alubar Energia.

No caso da LT 500kV Nova Olinda-São João do Piauí, a obra foi finalizada em setembro passado. “Esta é uma LT de grande porte dentro do segmento, e terá como características técnicas circuito simples, equipada com 04 condutores CAA GROSBEAK por fase e 01 Cabo OPGW de 24 fibras ópticas”, detalhou Marcelo.

Dos outros três empreendimentos, a LT 230kV Cristalândia – Brumado, foi concluída no mês de julho e a LT 230kV Morro do Chapéu Sul – Morro do Chapéu, finalizada em outubro. Ambas também interligam usinas eólicas ao SIN. Nas obras, a Alubar Energia foi contratada sob regime de consórcio, na qual é líder e tem como parceiras as empresas Alubar Metais e Cabos (fornecedora de cabos elétricos de alumínio -Alubar AlTec) e GSL Metalúrgica (fornecedora das estruturas metálicas para as torres de transmissão).

Além destas três obras, ainda está em fase de elaboração de projetos a LT 500kV UTE Sergipe – Jardim, que terá 33km de extensão. Contratada para realizar o empreendimento, a Alubar Energia, prevê o início das obras para dezembro. “A conclusão deve ocorrer em outubro de 2018. É uma LT que conectará uma usina térmica de geração de energia ao SIN”, explica Marcelo. Neste empreendimento, a Alubar Energia conta com a parceria, através de consórcio, da Alubar Metais e Cabos e da Brametal.

Fonte: 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *