Governo estuda abrir mercado livre de energia a consumidor residencial até 2022